Blog
Notícias do seu interesse
Renata Paz - Diretora de Criação e Planejamento da MegUp Propaganda
15 de Março de 2017

PESSOAS




Já fazia algum tempo que eu estava ensaiando para escrever um artigo sobre este assunto: PESSOAS. O que você acha sobre a convivência? Conviver com pessoas é difícil para você, ou a princípio é algo tranquilo? Quando penso sobre a frase de Simon Sinek, um dos mais influentes palestrantes de Tecnologia, Entretenimento e Design, penso que ele realmente tem razão.

Gestores têm que ter em mente algumas coisas, dentre elas que um propósito, ou ideologia de vida bem definida é capaz de inspirar pessoas e organizações a agirem. Isso parece mesmo um milagre falando assim, mas é o caminho para o tão sonhado sucesso

Você realmente sabe quem é você no dia a dia e o que as pessoas que convivem com você pensam a seu respeito? O primeiro passo para mudar o que não está lhe beneficiando em suas atitudes é buscar nas imediações essas informações. Pessoas que alcançaram o sucesso no mundo dos negócios inspiraram quem estava a sua volta, realizaram grandes feitos, e que por sua vez, inspiraram ainda mais pessoas ao redor do mundo.

O que acontece na verdade é que muitas vezes vivemos no automático e acabamos esquecendo de detalhes que fariam toda a diferença. Quer um exemplo bem simples que certamente muitos poderão recordar. Todo mundo um dia já assistiu aos desenhos da Disney. Lembro-me em particular um que me marcou muito, “O PATETA MOTORISTA”. Ao acordar pela manhã ele era um sujeito comum, que tomava seu café, tomava banho e quando entrava no carro simplesmente se transformava. Ele parecia endemoniado, xingando e buzinando para todos que passavam na sua frente, mas quando saía do carro e virava um simples pedestre, xingava o motorista endemoniado que avançava com tudo para cima dele.

Existem pessoas que ao adentrar o escritório viram seres diferentes, como acontece com o PATETA e isso acontece por vários motivos. Uns querem ser mais que os outros, mostrar serviço, conseguir uma promoção, outros estão desmotivados, desanimados de estarem ali, outros tem a preocupação com o orçamento e com as contas a pagar. De forma geral, são pessoas e pessoas têm PROBLEMAS, têm sentimentos, têm necessidades, têm sonhos, têm metas, têm perspectivas, têm famílias. Pense nos seus problemas agora, neste momento, quantos você tem que resolver todos os dias. Imagine uma equipe de 30 pessoas e multiplique estes problemas. Por mais que todos gestores afirmem que não somos psicólogos e que não devemos misturar profissional com pessoal, saiba de uma coisa, FUNCIONÁRIO INFELIZ não produz e se ele algum dia foi importante para a empresa, acredito que vale sim investir em retenção de talentos para extrair o melhor de cada um e alinhar as perspectivas.

Acontece que gerenciar tudo isso dá muuuuuuito trabalho, mas é preciso. Tenha em mente que seu PRINCIPAL CLIENTE É SEU FUNCIONÁRIO. Alinhe as coisas sempre de dentro pra fora, chame-os para entender o que acontece e se você realmente achar que não tem jeito e nem tempo para tudo isso, contrate alguém para fazer isso por você. Muitos de vocês podem achar que tudo isso é besteira e podem até dizer que muitos empresários famosos, como Steve Jobs por exemplo, não eram nem um pouco simpáticos (e não eram mesmo), mas eles eram um exemplo de criatividade e brilhantismo a serem seguidos.

O mais importante, na minha opinião, é que os grandes líderes das organizações sejam EXEMPLOS e deixem uma marca positiva pela frente. Nós temos muito a construir e criar e eu acredito MUITO que se cada um fizer a sua parte, o mundo dos negócios só tem a progredir.

Renata Paz - Diretora de Criação e Planejamento da MegUp Propaganda